Bom dia quinta-feira, véspera do fim dos tempos.

Pela data de gala, hoje o post será diferente! Mas, calma lá, será possível? Será que os Maias realmente previram um ponto final catástrofico no mundo que conhecemos em 21.12.2012, ou não se passa de um mal entendido fomentado pela mídia e alimentado pelas redes sociais?

Para entender, é preciso retroceder. Os povos Maias são um conjunto de diversos povos nativos americanos do sul do México e da América Central. Notáveis por sua língua escrita, arte, arquitetura,  matemática e sistemas astronômicos. Durante o auge, possuíam umas das mais dinâmicas sociedades do mundo. Com base em seus vastos estudos, os Maias antepassados nos deixaram sete profecias.

Diante da situação, acho digno ponderarmos o que eles tem a dizer. Todas as sete profecias Maias mencionam um período de mudanças, ora por forças aleatórias da natureza, ora pela força predatória dos seres humanos.

PRIMEIRA PROFECIA
Mostra o dia 22.12.2012 como uma data de recomeço. Diz-se que nesse dia o mundo de ódio e materialismo chegará ao fim, e que nós, pequenos humanos, teremos que escolher entre desaparecer junto com nossas práticas predatórias contra a natureza, ou sobreviver como seres evoluídos e em harmonia com o universo.

SEGUNDA
É sempre mais escuro, nos momentos que antecedem o amanahercer. É disso que se trata esta profecia. Diz-se que os humanos entrariam numa época de conflitos internos e externos, a partir de 1999. As disputas trariam aprendizado, e nos preparariam para um novo ciclo com início no fim de 2012.

TERCEIRA
Acreditem se quiser, esta profecia fala sobre o aquecimento global, causado por fatores naturais, como alterações nos níveis de radiação lançados pelo sol, e artificiais, como a falta de sincronia entre os anseios humanos e a preservação da natureza.

QUARTA
Levou muito tempo para os cientistar falarem exatamente o que diz esta profecia. Com o aquecimento global, as calotas polares vão derreter, e vão causar grandes poblemas às civilizações mundiais.

QUINTA
Planeta e ser humano mudarão juntos dando origem a uma nova realidade harmônica.

SEXTA
A trajetória de um cometa ameaçará a integridade do planeta e dos seres humanos.

SÉTIMA
Mudanças cósmicas significativas trarão a oportunidade dos seres humanos mudarem e romperem suas limitações através do pensamento.

Resumindo, para estes nativos avançados, nós somos um povo arcaico de costumes e sentimentos. Nós precisamos encontrar o eixo de sabedoria e harmonia com a natureza, para sobrevivermos a passagem deste ciclo.
Se nada acontecer amanhã, nos vemos na próxima quinta.

Veja mais sobre qualquer coisa:
www.raspas.com.br