Eu sei que você já leu em vários biscoitos da sorte que o seu futuro será brilhante se fizer o que ama. Pois bem, você está fazendo o que ama?

Brandon Stanton está. Ele ama tirar fotos. Gosta tanto, que passa todos os seus dias caminhando pela cidade de Nova Iorque retratando estranhos e contando suas histórias através do seu blog, o Humans Of New York.

“O MEU TRABALHO NÃO SUCEDEU UMA IDEIA - A IDEIA VEIO A PARTIR DO MEU TRABALHO.”


Brandon é um garoto meio cabeça-dura, quase obcecado. Já foi vidrado em aquários, trompete, piano, filmes e leitura. Ele acredita tanto em coisas sem sentido, que não teme o risco. Quando ele estava na faculdade, pegou uns empréstimos e apostou 3.000 dólares que Obama se tornaria presidente. A barganha lhe rendeu um dinheiro extra pra sua poupança, e a indicação para um trabalho de operador de títulos.

Foram três anos imersos no mercado financeiro em Chicago. Brandon diz que o maior aprendizado deste período foi o de não se deixar abalar pelas portas fechadas na sua cara. A lição lhe foi valiosa quando ele perdeu o emprego em julho de 2010. Stanton ficou a ver navios, mas não perdeu o norte. Decidiu levar o seu hobbie de tirar fotos mais a sério, pegou a câmera que havia comprado no inicio daquele mesmo ano, disse ‘goodbye’ pra sua mãe, e debandou numa expedição pela selva de pedra norte americana com um foco apenas: fotografar.

Cada cidade era um álbum no seu Facebook, com o nome da primeira coisa que lhe saltava aos olhos em cada local. Cada foto ganhava uma ou duas ‘curtidas’ suadas, sempre de amigos e parentes. As fotos mais comentadas eram retratos, que Brandon tirava de pessoas aleatórias, enquanto se escondia atrás das moitas. O menino tímido teve que correr algumas vezes de sujeitos furiosos que o pegaram no flagra, mas percebeu que aquelas fotografias eram especiais, e decidiu pular de cabeça. Quando chegou em Nova Iorque, ficou encantado com a variedade de personagens transitando na rua e criou mais um álbum em seu perfil: Humans of New York.

“SE VOCÊ MUDAR A FORMA QUE OLHA PARA AS COISAS, AS COISAS QUE VOCÊ OLHA MUDAM”

Humans of New York 1, Humans of New York 2, Humans of New York 3, e os álbuns do Zuckerberg já não eram suficientes. A timidez foi deixada de lado, o blog e a fan page foram criados.  Brandon estava vivendo apertado com o dinheiro, mas espaçoso pela cidade. Sua ideia era mapear cada bairro de Nova Iorque com habitantes de cada local. O primeiro ano foi trabalho duro. Sua inexperiência rendia quase 1.000 fotos todos os dias que saía de casa para fotografar, que eram todos os dias. Foram 365 dias de exploração, muitos milhares de fotos para serem selecionadas, e 3mil ‘curtidas’ no FB, yeei! Muita gente teria empacotado as experiências, e voltado pra casa pra refazer o curriculum vitae alpha sou-bonitinho-e-sei-ler-e-escrever-e-quero-um-emprego sbrubles beta, mas não o jovem obstinado de gorro na cabeça.

“O MUNDO QUE VÊ PELA SUA JANELA NÃO É TÃO PERIGOSO QUANTO O MUNDO QUE VÊ NA SUA TV”

Brandon Stanton tem hoje 28 anos e muito mais de 3k de curtidas na sua fanpage do Humans of New York, por dia! Além das fotos, o andarilho conta histórias incríveis sobre as pessoas retratadas. Já são quase 1 milhão de seguidores, do mundo inteiro. Seguidores não, fans! Ele não precisa mais pedir pra tirar foto dos Nova Iorquinos, eles é que estão implorando para serem fotografados pelo HONY.  Além disso, Já existe o Humans of Fiji Islands, Humans of Vancouver, Humans of Oslo, Humans of Tel Aviv, Humans of D.C., Humans of Lebanon, Humans of India, Humans of Sydney, Humans of Asia, Humans of London, Humans of tudo-quanto-é-canto!

E tudo começou com um hobbie, uma paixão humilde. E assim continua Brandon, sem se preocupar muito com o dinheiro. Recentemente juntou quase 500 mil doláres em diferentes campanhas de doação para caridades. Sua rede de seguidores lhe permitem hoje ir a qualquer lugar, mas ele afirma que já encontrou o dele em Nova Iorque, fotografando pessoas.

Vejam mais desse incrível projeto no FB:
https://www.facebook.com/humansofnewyork
ou no site official:
http://www.humansofnewyork.com/

Até a próxima semana caros leitores! : P